sábado, 14 de julho de 2018

17 DE JUNHO DE 2018 - ANIVERSÁRIO DE DANTE (meu netinho)

Dante,
quando você crescer
não vai lembrar de que fomos ao Pronto Socorro
em seu Aniversário.
Não foi nada demais... era uma virose,
segundo o médico.

Você não vai lembrar de sua mãe
com olhos inchados de chorar,
preocupada!...

Mas vai ficar sabendo que nasceu no dia
do Aniversário de Rafael, meu marido, seu Vô de coração.

Não lembrará que seu pai ficou atónito,
mas um pouco tranquilo.
Deu-lhe até banana enquanto esperávamos
o atendimento.

Não se lembrará de sua vovó apaixonada,
com seu tio Solivaldo ao lado, dando o maior apoio
à minha paixão por você.

Mas  Dante meu amor,
você jamais esquecerá
do quanto de amor você recebeu naquele dia
e em todos os outros de sua vida.
Porque amor impregna na alma da alma.

Vó Sol.

Sol Maria.
Dante, mamãe e papai (17/06/2018)

Mamãe de olhos inchados de chorar, preocupada com a saúde de Dante. Mas esatva tudo bem!! (17/07/2018)

Dante, mamãe Flora, papai Erick, vó Sol e bisavó Regina (17/06/2018)



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Luanda, 12 de Agosto de 2018. Pai, sei que você não vai  ler essa carta hoje. Talvez leia quando eu for em Itabuna em Janeiro de 2...