terça-feira, 10 de maio de 2016

Houve... Ouve aqui

Há os que ouvem e não escutam.
Há os que hão por aí, mas não existem, de fato...
Há um que ouve o amor...
Há os que haverão de ouvir...
Ouve só...
Houve um tempo em que todos ouviram,
mas veio uma noite fria
e os tímpanos da alma
ficaram danificados...

Solineide Rodrigues

A SERRALHARIA (saudade se corta com rebarbadora)

O barulho de uma serralharia aqui perto tem me trazido a infância. É que nos meus tempos de criança até a idade de 14 anos mais ou menos, ...