Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2017

WEZA, A PEQUENA ZUNGUEIRA

Terça-feira, 24 de outubro de 2017
WEZA, A PEQUENA ZUNGUEIRA (PEQUENA NARRATIVA PARA PEÇA DE TEATRO, BASEADA NO CONTO DE ANDERSEN, A PEQUENA VENDEDORA).
PERSONAGENS Weza (vendedora – personagem principal) Pai de Weza - Sr. Bocoio Mãe de Weza - Dona Deolinda Dona Muxima Sr. Paka. Avó (espírito – sonho) Pessoas a andar na rua (figurantes) Duas famílias: pais, mãe, irmãos, tios etc. (a menina vê pela janela) Crianças Narrador personagem
Era tarde de Natal em Luanda, weza estava em casa no Bairro Capolo a preparar a zua para sua mãe que estava incomodada, quando seu pai diz quase em berros: (Pai) _ Weza deixa de mangoia e vai vender! (Mãe) _ Bocoio, não precisa falar assim com a Weza. Ela é muito boa menina. Calma. (Pai) _ Calma? Você viu como vendi pouca Cuca em plena tarde de Natal? Como vamos comprar a comida na semana que vem? (Weza) _ Pai é Natal! Deixa só ficar em casa hoje ya pai? (Pai)_ Não me faça repetir! A menina, cansada de tanto mexer a mukua para o zua, vai à busca de sua chinela para ir  vende…

PÉ DE ESPERANÇA (uma criança).

Imagem
Nasceste num tempo onde flor e amor
estão a cair no esquecimento.
Mas seja forte, estou aqui,
nunca vou sair de perto de ti
que ainda nem vi...
Não tocar não diminui o amor.
 Dante Tu és meu pé de força...
Pé de esperança.
Uma criança... E já tão forte.
Veja, sinta, ame:
mesmo que as pessoas não sejam
amor derramado,
siga amando sorrindo,
vendo bonito assim por dentro,
por dentro Dante.
Por dentro
se a gente é grande
é maior. Te amo.

 Vovó Sol (Solineide Maria Rodrigues)
Para DANTE.
4 meses de luz!
Luanda 20/10/2017

OS 300 DE SOMÁLIA

PAI,
dai colo para esses 300 filhos sem rosto.
300 almas deserdadas de tudo,
tisnadas no fogo da maldade.

Deserdadas de pão e de colo,
de amor e de estudo…
 Pai Acolhei esses 300
que não estavam guerreando…

Não tinha marido a ser defendido,
não tinha rainha a ser perseguida.
Não tinha narrador para esses 300 Pai…

 Pai dai de comer, dai de beber,
dai uma cama… Um cobertor…
Pai Maior. Tem até erê…
 Eles estão chegando com os Pais João de Angola,
Joaquim, Benedito…
Esses papás dos pequeninos da Terra.
Acolhei Mãe,
dai colo a esses 300 que nunca foram acolhidos aqui
na Terra.
Que assim seja

(Solineide Rodrigues) 19/10/2017 Luanda