segunda-feira, 28 de março de 2016

MÃE DE LEITE



O leite da mãe-negra,
 tão gostoso...
Leite quentinho e branco 
e saboroso.
Lembro direitinho da canção
que chorava para mim, 
na hora de mamar...
"toma fiinho branco,
toma leitinho de mãe-negra,
toma fiinho do meu coração...
O meu fio 
nunca mais vi nessa vida...
oh fio branco 
que tristeza,
ter leite 
e num tê fio pra dá petcho,
inda bem que tu mama
meu fio branco,
que assim alembro do meu fio
arretirado das minha mão"...


Poema de Solineide M. de Oliveira do P. Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1º de Janeiro de 2018 e meu contrato particular com as palavras

Carta-Contrato para todas as palavras CONTRATANTE: Solineide, com sede na Rua dos Aprendizes da Terra, me ponho à disposição das pal...