sexta-feira, 17 de julho de 2015

CARTA PARA MEU AMOR

Amor,

Já se vão alguns meses de Casamento amor... A maior parte deles estamos assim, você de lá e eu daqui. No entanto, estou mais perto do que antes, do que sempre, do que nunca...
E sinto sua presença em todos os momentos do dia:
quando sai para o trabalho e quando retorna; com a alegria de quem vem com o melhor peixe do mar, para conceber o jantar.
Alegro-me quando voltas do "mar da vida"... sinto-me a mulher mais agraciada do Mundo e percebo em cada fala sua, a doce expressão de querer dizer:
"senti sua falta, meu amor".
É bom ouvi-lo, também, quando se cala. Dá para ouvir você e seus pensamentos, se quiser. No entanto, sei que precisamos todos, do silêncio falante de nosso íntimo. O diálogo essencial conosco.
Nesses momentos me afasto para perto de mim e também converso com minhas idiossincrasias. É preciso fazer companhia também; porque a escalada, apesar de bem acompanhada, se dá individualmente.
Já se vão alguns meses amor, mas saiba que lhe oferto todos os anos que tenho para viver, nessa união de amor e para o amor; do Bem e para o Bem.
Te amo meu amor e marido.

Solineide Maria de Oliveira do Patrocínio Rodrigues
17-07-2015
Para Jorge Rodrigues (meu amor e marido)

Nenhum comentário:

Postar um comentário