quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Hoje a poesia quer café...

Hoje não tem poesia,
tem café.
Quer?
Com ou sem açúcar?
Adoçante?
Hoje a poesia quer tomar MUITO,
mas MUITO café.

Solineide Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário