quarta-feira, 8 de outubro de 2014

DO SILÊNCIO DA POESIA



A poesia,
às vezes,
chega calada
e sai em silêncio...
Mas nunca deixa de falar
ao coração...
Solineide Maria.
(Hoje, aqui e agora)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MINHA MÃE (De Dante para sua mãe Flora)

Cheguei minha mãe agora é pra valer vamos ser feliz? Minha mãe... Eu precisava lhe dizer que amo você. Como é que se ...