sábado, 31 de maio de 2014

Como se fosse uma historinha de criança

A Luz olhou para a Sombra e disse:
_ Vem comigo, preciso de sua ajuda. Auxilia-me na dignificação do homem, ele precisa perceber onde há paz e onde há tristeza. Onde há pão e onde sobra fome... Vem comigo amiga educadora, faz de ti uma professora sobre asperezas. 
A Sombra pensou um pouco e muito insegura respondeu: 
_ Tu pensas que poderei ser útil?
_ Claro! Respondeu apressada, a Luz à amiga "educadora". 
A Sombra então pegou suas melhores vestes (cinza médio, cinza escuro e cinza-grafite) e colocou em sua maleta de viagem (cinza-cinza). 
Fez um "sinal da cruz" e fechou a porta da ociosidade. 
A Luz disse à amiga: 
_ Não temas, estarei do teu lado. Em qualquer situação de dúvida me chame. 
As duas, então, partiram para Missão de Aclarar as Consciências Humanas... 

(Solineide Maria) Maio de 2014 - 22:50.
Chegando em casa após Semaninha Espírita (em Itabuna-Bahia).

Nenhum comentário:

Postar um comentário