segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

POEMAS PARA A CASA DA ALEGRIA - Livro de Solineide Maria de Oliveira.

Olha meu amor aqui estão as mais ricas e delicadas coisas de lhe dar. Todos os mais doces e sinceros abraços, todos os mais intensos e delicados beijos, todo o meu corpo nu, meu coração por inteiro.
Olha meu amor, aqui está também, minha intenção de gerar uma criança ao teu lado... E as horas de estudo e crescimento ao redor de um chá de deslumbramento.
Tenho todas as velas da amizade para usarmos, se for necessário. Tenho também uns panos bordados por Isabel, para nos cobrir em horas de travessia e nosso AMOR, nosso AMOR será a doce embarcação de nossas almas, rumo a amplidão da vida etérea.
Curtir ·  · Promover · 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TEMER APROVA O TRABALHO ESCRAVO

De onde saiu essa criatura que atende na função de Presidente de um país com gente que trabalha para pagar feijão, arroz, carne seca, água?...