quarta-feira, 31 de julho de 2013

Realidade sonhada? Vinícius de madrugada!

Vinicius me disse assim:
Soli venha ler esse verso. Veja se está bom...
Eu li:

Não quero mais ser poeta!
Quero ser um verso pequeno...
Sair por aí e nunca mais voltar...

Quero crescer mais por dentro.
Aparar minhas arestas
e me amar!

Quero abrir minhas janelas,
afastar minhas querelas,
assistir-me num jantar!

Depois dormir feito anjo,
acordar que nem um canto
de sabiá!

Solineide Maria e Vinícius de Moraes?????

Nenhum comentário:

Postar um comentário