segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

"Não existem finais felizes..."

Me respeite!
Me respeite!
Dizer de rompante que está feliz,
quando estou tão triste?!
Passe devagar em cima de mim!
Me respeite!



Para o poeta Manuel Bandeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TEMER APROVA O TRABALHO ESCRAVO

De onde saiu essa criatura que atende na função de Presidente de um país com gente que trabalha para pagar feijão, arroz, carne seca, água?...