segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

LEIA MAIS DRUMMOND EM 2013!

No livro Alguma Poesia do meu eterno amor Drummond, há um poema que reflete sobre isso de dizer que o ano passou... 
O tempo, que em mim é uma "angústia", também era objeto de pesquisa frequente nos poemas desse mineiro poeta! O nome do poema é "O ano passado". 
Dedico este poema aos meus amigos como elemento de reflexão. 
Tudo acontece numa frequência que não se interrompe. Tudo vai e vem numa constância que não se desequilibra ou corta... 
TUDO É. 
Talvez por isso se diga que "Deus não passa". Lógico! Ele Está! Deus É! 
Santo Agostinho disse sobre o assunto - muito mais consistente do que essa que vos escreve - em seu livro "Confissões" (sugiro apreciação e leitura). Em verdade, a mudança está cá: dentro de nós! 
O próprio Drummond responde este seu poema (O ano passado) com seu poema "Receita de Ano Novo":
"É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre." Feliz Ano Novo! 

Solineide Maria de Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário