sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Cadê?

É denso sim...
Às vezes me apavoram as coisas que pensava
antes, 
leves...
Levando embora alguns conceitos. 
Mas se vão, pois que vaiam! (rs)
É na incerteza que o poeta vive:
do peso de um amor que não dá certo 
é que os poemas melhores acontecem... 
Mas também, o que é dar certo
ou errado? 
Meta a Metafísica nisso e pronto:
tudo de outro jeito se apresenta, 
a pouca nitidez vai se aclarando...
Mas ter olhos de ver, 
coração de escutar, 
ouvidos de enxergar: 
Cadê?
Quem tem?
Será? 


2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TEMER APROVA O TRABALHO ESCRAVO

De onde saiu essa criatura que atende na função de Presidente de um país com gente que trabalha para pagar feijão, arroz, carne seca, água?...