segunda-feira, 29 de outubro de 2012

PADARIA I (para Fernando Pessoa)

Não sou nada 
não quero ser nada. 
Se um dia chegar a ser eu mesma 
já está muito bom.


Solineide Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário