terça-feira, 2 de outubro de 2012

Caminho para a simplicidade

Ficaram para trás as coisas que prestavam. Agora... Agora nada. Nada mais será igual, nenhuma novidade há nisso. Mas há. 
Há a novidade de não ser como antes, porque é um antes diferente de outros antes. 
Tudo isso, mesclado ao som horroroso que entra pela janela da sala, são motivos suficientes para desistir de tudo. Talvez escrever... 
Isso! Eis a ferramenta de me jogar pela janela “adentro” de mim! E voltar de lá mais fácil, porque o mundo já está farto de complicações...


Solineide Maria de Oliveira
PARA CECÍLIA E CLARICE 

Nenhum comentário:

Postar um comentário