terça-feira, 18 de setembro de 2012

À deriva

Como num sonho perdido
corro em vias noturnas:
solitária.
Vivo um talvez irritante
de algo mais.
Sempre...
E esses pensamentos todos
vagueiam,
fecundam,
insistem,
esperam,
esperam,
esperam...
Como um navio no cais.


Solineide Maria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

17 DE JUNHO DE 2018 - ANIVERSÁRIO DE DANTE (meu netinho)

Dante, quando você crescer não vai lembrar de que fomos ao Pronto Socorro em seu Aniversário. Não foi nada demais... era uma virose, s...