sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Lembranças

Essas lembranças são mornas.
Isso irrita.
Não são aquecedoras,
nem resfriam de vez
um coração errante.

Essas lembranças são fáceis
de compreensão.
Isso as torna pobres.
Pois apenas em percebê-las,
desfaz-se o encanto em tê-las.

Essas lembranças são
lixo sentimental:
não acrescem,
nem diferem.
Não compram,
nem criam filho...

São ovoides,
e quase coisas podres;
por isso causam
nem riso,
nem prumo,
nem falta dele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MINHA MÃE (De Dante para sua mãe Flora)

Cheguei minha mãe agora é pra valer vamos ser feliz? Minha mãe... Eu precisava lhe dizer que amo você. Como é que se ...