terça-feira, 24 de julho de 2012

O sonho

Ontem sonhei um sonho esquisito...
Uma flor que jazia no infinito
olhou-me um simples olhar
e de repente, ofertou-me
com mãos muito contentes
uma pétala sua, carinhosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário