quarta-feira, 25 de julho de 2012

A graça está em ver e não ser visto.
Em dar e não ter nada garantido.
Em amar... amar... amar...
Ao infinito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário