domingo, 31 de julho de 2011

Reflexões matutinas sobre a traíção

Hoje a manhã me despertou,
Mas fiquei presa ao cobertor
Pensando em vão sobre a vida,
Já ensaiando a despedida.


Trair é feio, é indigno.
Ninguém merece essa surpresa,
Nem mesmo herdeiros da torpeza.
Nem eu nem ti. É uma vileza...


Olhei num susto para o relógio
Era tão cedo, mas foi-se o sono.
Saí da cama e olhei no espelho
Trair é coisa de forasteiro...




Para Silvana Barreto. 
"Tudo passa, tudo passará" ...

Um comentário:

  1. Pois é amiga Sol,traição é msm coisa de forasteiro,de pessoa sem caráter.É nojento,lamentável,repugnante...Graças a Deus que tudo passa e certamente todo tipo de traição passará.

    ResponderExcluir