quinta-feira, 29 de julho de 2010

Não saia de repente.
Guarde a chave da frente
e volte quando quiser.
Não fique sem palavras,
entre e sinta-se a vontade
quando der na telha
de querer voltar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário