sexta-feira, 28 de maio de 2010

PARA RAFAELA

Não tive sorte na vida
de encontrar sincero amor,
mas encontrei Rafaela.
Que sabe de sonhos e sentimentos.

Sabe de mais.
Porém, no que concerne
às coisas essenciais
sabe até mais.

Rafaela é uma figura
dessas que a gente encontra
numa tarde, e quer que fique
até tarde da madrugada.

Dessas pessoas que não passam,
que não vão embora,
que nunca partem de
nós, de nossas vidas.

Inda que a distância física
exista.

Um abraço enorme Rafaela!
É chato e difícil não encontrá-la para me acompanhar num café, ouvir minhas sandices de poeta que não sabe escrever, nem conceituar a Poesia.rsrs
SOLI

2 comentários:

  1. OH SOLI, acho que essa Rafaela sou eu, rsrrs que lindo.
    Te amo além da ausência física...

    ResponderExcluir