domingo, 14 de fevereiro de 2010

escrever um poema político é difícil...

escrever um poema político é difícil.
um amigo me pediu, escreva se for capaz!
Vixe Maria! pensei...
o que escrever que não soe técnico?

Deixa eu ver... falar sobre as mentiras,
dos políticos?
Do roubo de nossas riquezas?
Da paciência "tonta" de nós todos?

O que escrever que não soe nojento?
Falar sobre Leis que nunca são aplicadas?
De universidades falidas de tudo,
incluso de dignidade?

Falar da falta de segurança nas ruas,
nas camas, nas mesas,
nos banhos? Água suja que só vendo...

Que tipo de graça ou força tem
um poema político tolinho?
Ou sabidão?
Ou elegante ou sarcástico?

Contra a falta de humanidade brasielira
ou mundial, meu amigo,
como diz uma amiga minha:
SÓ JESUS SOLI!!

Solineide Maria de Oliveira

Ofereço ao "amigo" que mandou um e-mail pedindo um poema político, pois "parece, que vc. só fala de amorezinhos", ele escreveu.
Continuarei tentando alcançar a grandeza dos seus poemas políticos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A SERRALHARIA (saudade se corta com rebarbadora)

O barulho de uma serralharia aqui perto tem me trazido a infância. É que nos meus tempos de criança até a idade de 14 anos mais ou menos, ...