quarta-feira, 7 de julho de 2010

Primo da luz

Em qualquer lugar tua presença vigora.
Agora mesmo,
Aqui,
Assim do nada...

(continua)

Nenhum comentário:

Postar um comentário